Arquivo mensal: março 2014

Pequenina e Gigante

Eu comprando 35

Ele calçando 36

Eu errando rua

Ele GPS

Eu palavra cruzada

Ele poesia

Eu ligada na semana de prova

Ele tirando de letra

Eu dieta

Ele Nuttela

Eu pilates

Ele futebol

Eu Os Smurffes

Ele Robocop

Eu fazendo a mala

Ele lembrando da escova de dente

Eu esquecendo a música

Ele solfejando

Eu pequenina

Ele gigante

IMG_0626

Tudo novo de novo

Estou de volta à quinta série. Acompanhando o filhote, estou de novo diante de uma escola enorme, tenho um número na chamada de frequência, muitos livros e cadernos, todos cheirando a novos. Chegou a hora do verbo to be, dos números romanos, da tabela periódica, das experiências no laboratório de ciências. Ah, sim, aula de ciências com jaleco branco e o nome estampado no bolso. Há o charme do escaninho (isso sim é totalmente novo pra mim) e a chave que abre e fecha o compartimento – muito chique isso! As charges, as tirinhas, a linguagem verbal e não-verbal : estou de novo diante delas. A famigerada semana de provas, os amigos novos e a cantina, afinal, a merendeira foi aposentada. O ritual de comprar a ficha do lanche antes da aula para não pegar fila no recreio. Já posso usar caneta e lapiseira, e compasso e esquadro.Estou às voltas com as coordenadas geográficas, latitudes e longitudes. Muitas vezes me sinto perdida ou tentando entregar uma bússola pro pequeno.Há um misto de desencanto, como os rituais escolares se repetem, e encanto, como é forte chegar à quinta série, tanto aos 11 quanto 30 anos depois!

cadernos

Máscara negra

A cidade redescobriu o carnaval e ela o perdeu de vista. Vestiu fantasia, colocou flor no cabelo, pegou o tamborim, mas ficou fora do compasso.  A bandinha parecia desafinada, a rua estava vazia, a colombina e o pierrot não apareceram. Na quarta-feira de cinzas ficou pensando se sua visão estava turva ou se o carnaval de fato perdeu o brilho. Mas no segundo seguinte já fez conjecturas  para o proximo ano, afinal foi apenas um carnaval que passou.