Respira fundo e vai…

Não têm sido dias fáceis. Mas uma pós-graduação que começou muito antes de tudo revirar precisa ser concluída. E tem trabalhos pra entregar e prazos pra cumprir e opiniões para emitir sobre assuntos que não cabem dentro da minha cabeça atolada de problemas existenciais.

Importa-me lá, diz o universo. Eu preciso produzir mesmo que ande tão a flor da pele que qualquer beijo de novela me faça chorar, como cantou tão bonito o Zeca Baleiro. Tudo que não tem remédio, remediado está e tenho feito, sabe-se lá Deus como, os trabalhos da especialização.

O último foi uma lástima. Meu cérebro parecia uma gelatina, era uma segunda-feira de um dia mais péssimo do que tem sido todos os outros, mas não tinha mais prazo. O livro que era a base do trabalho tinha mais de 100 páginas e eu não conseguia reter um parágrafo. Mas saiu a fórceps. Como também foi forçando a barra que saiu o trabalho anterior e como deverá ser o próximo. Não acaba nunca, estamos ainda na terceira semana da disciplina…

Aí vieram as notas e, contrariando, todos os prognósticos, tirei total no dois trabalhos feitos no limite. Não, eu não acho que apreendi muita coisa, nem que fiz uma trabalho a contento. Claro, o professor foi generoso na correção. Mas o que mais me intrigou é como a gente se desdobra, se reinventa, se transforma que nem milho virando pipoca quando a temperatura sobe. Não sei se isso é exatamente bom, porque tem horas que é preciso jogar a toalha. Essa tendência que a gente tem de espremer a laranja ao máximo pode transformar tudo em bagaço, literalmente.

Mas não deixa de ser um alento pensar que a gente pode brilhar, mesmo quando se acha um pavio apagado.

blog pipoca

2 comentários em “Respira fundo e vai…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s